MENU

Acidente registrado no trevo de Vila Palanque

SONEGAO Crédito: Eduardo Wachholtz / RVA

Receita Federal combate sonegao de mais de R$ 70 milhes no setor fumageiro e fecha duas empresas em Venncio

As empresas movimentaram mais de R$ 260 milhes em tabaco, causando um prejuzo aos cofres pblicos de R$ 76 milhes

  • Receita Federal combate sonegao de mais de R$ 70 milhes no setor fumageiro e fecha duas empresas em Venncio
    Foto: Divulgação

Por meio do monitoramento online do setor tabagista, a Receita Federal verificou que duas empresas de Venâncio Aires, que juntas movimentavam R$ 264.065.127,64 em tabaco, são fantasmas, ou seja, as operações eram fictícias. Tratavam-se de simulações de operações de compra e venda de tabaco para sonegar impostos.

As operações geraram um prejuízo de R$ 76.250.636,79 para os cofres públicos. Nesta operação estão envolvidos sete produtores rurais e cinco empresas, três que simulavam vendas, que não são de Venâncio Aires, e duas da Capital do Chimarrão que compravam o tabaco.

Segundo o delegado da Receita Federal, Leomar Padilha, as investigações iniciaram em 2016, com a operação Fumo Papel, que descobriu prejuízo de R$ 277 milhões de reais. O valor é maior que próprio orçamento de Venâncio Aires.

Em entrevista à rádio Venâncio Aires no Jornal do Meio-dia desta terça-feira, o delegado Leomar Padilha explicou o esquema fraudulento. Entenda o processo:

  

Tags: